O Sono

O que é o sono?

O sono é um processo ativo, quer isto dizer que durante o sono, o nosso cérebro não se limita apenas a “descansar”, acontecem inúmeros processos enquanto dormimos.

Como se estrutura o sono?

O sono está divido em fases, umas mais profundas, outras mais superficiais, e estas fases vão alternando ao longo da noite. Sabem aquela ideia de sono leve e sono pesado? Pois é, ninguém tem só sono leve ou sono pesado, na verdade todos temos ambos os tipos de sono alternados ao longo da noite.
O sono é um processo evolutivo. Não dormimos sempre da mesma forma ao longo da vida. O sono da criança é muito diferente do sono do adolescente, que por sua vez é diferente do sono do adulto e que volta a sofrer grandes alterações à medida que a idade avança.
Então, se o sono não é igual em todas as idades, não podemos tratar o sono todo da mesma maneira.
De uma maneira geral, à medida que vamos envelhecendo vamos precisando de menos horas de sono, faz sentido, já que é na infância que mais desenvolvemos e é durante o sono que ocorrem os processos de crescimento e desenvolvimento cerebral.
O sono do adulto está dividido em dois grupos:
• Sono não REM
• Sono REM

O sono não REM divide-se em 3 fases que vão aumentado de profundidade da fase 1 para a 3. A fase 3 é o nosso sono profundo.
O sono REM (Rapid-eyes-moviment) é a fase do sono em que os nossos músculos estão mais relaxados mas o nosso cérebro está em alta atividade. É, geralmente, nesta fase que sonhamos.

O sono dos bebés não tem esta apresentação. Quando nascem, os bebés têm apenas duas fases do sono:
• Sono ativo – equivalente ao sono REM
• Sono tranquilo – equivalente ao sono profundo

O relógio circadiano dos bebés, ou seja, o centro do cérebro que regula os ritmos de 24 horas, o núcleo supraquiasmático, também só está maduro entre os 3 e os 4 meses.

Para que serve o sono? Porque dormimos?

Todos sabemos que precisamos de dormir e todos sabemos bem, porque já experienciamos em algum momento da vida, o quão devastadora pode ser a privação de sono. Na verdade, nós suportamos mais tempo sem comer do que sem dormir.

Mas porquê?

É durante o sono que acontecem coisas muito importantes à nossa sobrevivência, alguns exemplos:
• Produção de uma série de hormonas necessárias às nossas funções corporais e desenvolvimento, como por exemplo, a hormona do crescimento;
• Consolidação dos processos de memória e aprendizagem. É durante o sono que consolidamos as aprendizagens que fazemos e é também durante o sono que armazenamos as nossas memórias;
• Desenvolvimento das sinapses. As sinapses são as comunicações entre os nossos neurónios. É através delas que a informação circula no nosso corpo e é durante o sono que elas se desenvolvem;
• Eliminação de toxinas. O sono também é importante para a eliminação de uma série de substâncias tóxicas que vamos produzindo ao longo da vigília.

error: Content is protected !!